Vale Mais Ter Comgás

 

 

O Gás Natural Canalizado da Comgás chega a seus clientes de maneira tão sutil que eles não percebem o quanto é complexa a tarefa de levar gás diariamente para milhões de pessoas. No processo, a empresa utiliza tecnologia de última geração e mão de obra especializada, além de atuar com responsabilidade social e ambiental em várias esferas. A Liga foi chamada para descobrir a melhor forma de demonstrar o que está por trás desse processo e assim agregar valor ao produto da Comgás.

O primeiro passo foi mapear toda a cadeia de valor da companhia e organizá-la em 4 segmentos: segurança, praticidade, sociedade e meio ambiente. A partir daí, para simplificar o entendimento da mais de uma centena de iniciativas que a companhia adota, desenvolvemos um infográfico para cada um desses segmentos. Os infográficos foram então transformados em um catálogo e um site, sob o conceito "Vale Mais Ter Comgás"

O material, que a princípio era direcionado apenas para os clientes, virou referência na empresa, por mostrar de forma simples a diferença entre ter Comgás e ter só gás.

Posicionamento de Segurança

 

 

A segurança é um valor primordial para a Comgás. Por isso, a empresa sempre teve como meta inserir os 4.000 trabalhadores terceirizados na cultura de segurança da empresa, mudando a sua percepção sobre trabalhar e viver com segurança. A abordagem técnica e informativa já estava saturada, sendo necessária uma visão mais emocional, que proporcionasse a internalização da importância do trabalho seguro. Os objetivos iam desde estimular o uso dos equipamentos de segurança até transformar os trabalhadores em público multiplicador.

Em um trabalho inovador, utilizamos a metodologia de branding para desenvolver uma Proposta de Valor de Segurança.

Através de um estudo etnográfico, foi possível conhecer os públicos a fundo e descobrir sua percepção real sobre segurança, suas motivações e os drivers de mudança. 

A partir desse estudo, chegamos ao conceito “Novas possibilidades para a vida”, e criamos uma nova linguagem de segurança que coloca o trabalhador no centro da comunicação.

Criamos também um calendário de ações direcionadas para cada um dos públicos-chave. E as equipes de gestão e comunicação foram treinadas para comunicar a segurança dentro dos novos moldes.

O trabalho – que começou a ser implementado em 2012 – vem dando resultados, e foi o passo mais importante para a evolução da cultura de segurança da companhia.